Mario Osny Rosa

 

O Autor faleceu em 9 de Fevereiro 2013

 

Mário Osny Rosa nasceu  em Dona Luiza Município de Ituporanga, Santa Catarina
em 1934. Concluiu o 3° ano primário na Escola Isolada Dona Luiza e o 4°
ano no Grupo Escolar Santo Antônio em Ituporanga no ano de 1945 até 1970
foi autodidata estudou sozinho o curso eletrônica por correspondência, de
1970 completou o Antigo Ginásio e o segundo grau no Supletivo em 1980
fez vestibular para a Faculdade de Ciências Contábeis da Fundação
Educacional do Planalto Catarinense (FEPLAC) de Curitibanos, hoje
Universidade do Contestado, concluindo em 1983, o Curso de Contador. Em
1984 prestou vestibular para Direito na Universidade Federal de Santa
Catarina. Iniciou em agosto de 1984 colando grau em dezembro de 1989,
especialidade em Direito Tributário, atuou na Função de Técnico em
Telecomunicações no Ministério das Comunicações de 1984 até maio
1998, de maio de 1998 a 2004 atuou como pesquisador e contador na Advocacia
Geral da União em Florianópolis/SC.

 

DA MESA A OLHAR

MOR

Quando ela voltar
Naquele belo jardim
Beija-Flor a sugar.

Aquelas belas cânulas
Vermelha cor de sangue
Sua doçura insula.

Dessa sede de viver
Na perícia de voar
Beija-Flor tem a ver.

Daquele belo colibri
Ela fica a olhar
Por teu amor já sofri.

A olhar aquela beleza
Esquece o acontecimento
Sentada naquela mesa.

São José/SC, 2 de junho de 2008.
www.mario.poetasadvogados.com.br
www.poetasadvogados.com.br


DIA DAS MÃES

MOR

Na lembrança do passado
Daquela breve partida.
Em seu colo ter sentado
Era a sua mãe querida.

Logo no dia das mães
A recordação se aflora.
Lembrar todas as mães
Isso mesmo nessa hora.

Esta é minha homenagem
De quem foi a mais querida.
A toda essa bela imagem
Que pelos filhos deu sua vida.

São José/SC, 11 de maio de 2008.
www.mario.poetasadvogados.com.br
www.poetasadvogados.com.br


ESMAGUEI A SOLIDÃO

MOR

Na comédia de cada dia
Na vida de um palhaço.
Pinta-se com galhardia
A risada no espaço.

Tropica no calcanhar
Ameaça até cair.
Logo um salto vai dar
A platéia faz rir.

Com a cara pintada
No momento de sorrir.
A tristeza disfarçada
A piada vai sair.

Desse blog a inspiração
Com toda a palhaçada.
Esmaguei a solidão
Depois de tanta risada.

São José/SC, 2 de maio de 2008.
www.mario.poetasadvogados.com.br
www.poetasadvogados.com.br

Livro Visitas

 

Voltar

 

Mid: Georghe Zamfir_Theme From Limelight
Art :Nadir A D'Onofrio
Respeite Direitos Autorais