Sobre o questionamento se havia sido sorteada na loteria,

ao afirmar que estava sentindo-me, a pessoa mais feliz

naquele momento  tenho, a responder o seguinte:

Não ganhei na loteria penso que, se tivesse acontecido

 meu sentimento seria de apreensão, pois minha vida

 estaria mudando, radicalmente.

Em minha modesta opinião, dinheiro ajuda, mas não traz

 felicidade, principalmente no que diz respeito aos meus

momentos, onde gosto de estar só "eu e minha solidão"!

Ai encontro a paz que necessito deixo minh'alma  vagar, e

 o pensamento voar.

Felicidade a meu ver é, quando pela manhã ao despertar

 sinto-me bem, sem problemas relacionados à saúde,

alegria ao sentir o vento acariciando meu rosto, olhar para

 o espaço ver o azul anil, luz do sol, quando, tantos seres

 privados do sentido de visão, não podem fazê-lo.

Ouvir uma melodia lembrar-me de épocas agradáveis, na minha

existência sentir saudade de uma pessoa amada, telefonar e ter,

a (sorte) de encontrá-la, o prazer em ouvir sua voz, isso tudo,

não tem preço!

Essas (pequenas coisas) tornam meus momentos,

“grandiosos, especiais” felizes.

 Sou grata ao "Criador" por todos eles!

 

Nadir A D’Onofrio
15/04-2010*18:08h
Serra Negra SP

 

Voltar

Fundo musical: its_not_for_me_to_sey

Mid recebida por repasse de grupos.
 

Art: Nadir A D'Onofrio
Respeite Direitos Autorais.