FOI ASSIM...
Nadir A D'Onofrio

Um campo fértil
Ávido de plantio...
Recebia chuva e calor do sol
Esperava semente especial
Queria sentir o vento
Tremular as espigas no trigal
O tempo passou...
A semeadura não aconteceu
Mas o solo tinhoso!
Firme em seu propósito
Esperançoso!
Eu continuo semeando amor
Em teu canteiro, quem sabe
Minha insistência tenha êxito!
E no raiar de um belo dia
Possa ver o desabrochar da flor
Que por anos me dedico...

12/10/2010*23:00h
Serra Negra SP


 

ASSIM FOI...

Assim foi...
Semeastes sob os uivantes ventos,
Sob o frio do inverno ou o calor do verão
Ventos ora frígidos, ora calorentos
Sementes que com carinho caiam de sua mão.


Em solo arado e adubado com amor
E eis que de repente, num desses momentos,
Fizestes brotar minha paixão em forma de flor
Que desabrochou em meus pensamentos,
Vontade de nascer e de viver sob teu sol.

Eis-me aqui, tua insistência teve êxito!
Desabrochou teu girassol.
 

GIRASSOL
11-03-2011

Livro Visitas

 

Voltar

Art: Nadir A D'Onofrio
Imagem obtida na Net, sem constar direitos autorais.

Formatação: Nadir
Respeite Direitos Autorais