João Carlos ( Rother )  / Nadir A D'Onofrio

O Poeta faleceu em Janeiro-2009

 


Quem sou / Fui... não sou...

 

 

Quem sou
João Carlos ( Rother )

Sou apenas uma folha à deriva na ilusão
Tentando viver apenas os momentos.
Sonhando acordado nas trevas da solidão
Perdido nos labirintos dos sentimentos.

Sou uma metáfora da vida sem sentido
Cuja alma flutua nos descaminhos
Tentando achar no horizonte escondido
O Arco-íris dos abismos em torvelinhos

Sou um poeta escrevendo diversos temas,
De amor, dignidade, integridade renovados.
No meu jeito rebelde de escrever poemas
De rancores, ódio e de inveja sepultados.

Sou o mundo desejando viver em amplexos
Exemplos de amor seguidos sem vaidades
E que nossos corações recebam os reflexos
Dos espelhos da alma falando as verdades

Sou um barco na enseada da esperança
Em algo que nós chamamos de prazer
E que na magia abrigamos lembranças
Na eqüidade de fazer o amor renascer


 

Fui...não sou...

Nadir A D’Onofrio


Flor em botão
Semente em germinação
Caule sem sustentação
Tombado no jardim da solidão

No renascer sofrido
Labutas muito espinho
À procura do Éden prometido
Paraíso que não me foi concedido

Na noite sem acalento
Só, em recolhimento
Faço da poesia o alento!
Livro-me desse tormento

O vento acoita a vegetação
Que se curva anti a punição
Sou da natureza imitador
Equilibrista, debelando a dor

Florescência na imaginação!
Ressurreição nos versos
Na cadência do bolero
Sou da tristeza o adverso...

17/10/2007 23:30h
Serra Negra SP


Livro Visitas

 

Mid: vereda_tropical
Art: Nadir A D'Onofrio
Respeite Direitos Autorais