Eduardo H. S. D'Olivier

 Eduhsol / Nadir D'Onofrio

 

 

Seus versos...meu alimento... / Trago de Absinto



Hoje saudoso estou a rever, / Poemas que me fizeram viver
Versos que sempre me foi alimento, / Vício... como trago de absinto
Como órfão, estou a reler / Já, que não consigo esquecer
poesias em forma de alento. / Que alegram esse momento.


Sem elas, minha poetisa, temo perecer. / Na agonia do anoitecer
Por isso, hoje questiono / Improvisando, menciono
pois ainda não consegui entender / A razão desse querer
A causa de meu abandono. / Por quê em ti me aprisiono?


Eduardo H. S. D'Oliver
(Eduhsol) 26-03-2008 16:10hs.

http://recantodasletras.uol.com.br/autor_textos.php?id=3390


Nadir A D’Onofrio 26/03/2008*20:35h
Serra Negra-SP



Livro Visitas

 

 

Mid: Quere-te a ti
Imagem recebida por repasse de grupo
Art. Nadir A D'Onofrio
Respeite Direitos Autorais