Pai

Nadir A D’Onofrio


Hoje
Eu só queria estar com você!
Sinto-me só e carente
Necessito do seu afeto

Pudesse
No tempo regressar...
Correr ao seu encontro
Cobrir de beijos seu rosto

Saudade...
Apoiar a cabeça em seu colo
Pedindo que contasse sua história
Sentir seus dedos, entre meus cabelos

Foste
Exemplo de dignidade
Trabalhador, conselheiro, amigo
Incentivador da minha jornada

Tristeza
Do que tive e perdi
Vê-lo, aniquilado pelo vício
Por não conseguir te compreender...

Descanse em paz meu pai

09/08/2008 19:00 hs
Serra Negra SP

 

Livro Visitas

 

Mid: Pai_Fábio Junior
Imagens obtidas por repasse de grupo
Art: Nadir A D'Onofrio
Respeite Direitos Autorais