Zelisa Camargo
Nadir A D’Onofrio


Hoje você se foi
Partiu em vôo audaz
Como a Águia Dourada!
Altiva, que incorporavas.
Loba do Cerrado!

Foste a mulher guerreira...
Na vida, no sofrimento
Na doença, que minava sua força
Trazia dores!
Tirava dos "olhos físicos" a visão...

Alce agora seu vôo!
Plane livre, sobre o cerrado
Veja a real beleza
Da sua fauna e flora
Dê o seu grito de libertação!

15/02/2007
Santos SP



Zelisa, Amiga e poetisa querida!
Seus sofrimentos cessaram
esteja em paz, nos braços do nosso "Pai"
Um dia, estaremos todos juntos novamente.
Nadir

   

 

Mid: Ave Maria
Art Nadir A D'Onofrio
Respeite Direitos Autorais